Em Busca de um Processo Projetual Ideal


Quando me deparei com a matéria chamada projeto, inicialmente, não imaginei que seria tão assustadora. Todas as matérias pagas até aquele momento tinham sido “fáceis”, mas agora eu tinha o desafio de produzi um projeto abarcando tudo aquilo, mas não sabia por onde começar. 

O curso tinha me preparado tecnicamente para saber sobre conforto térmico, acústico, diversas normas técnicas com relação ao desenho técnico entre outros assuntos, mas não tinha me preparado para saber como conceber um projeto. Afinal para que saber tanta coisa se o principal eu não sabia? 

A tática utilizada pelo professor para nos ensinar como projetar foi a seguinte: ele pediu que todos descrevessem como seria a casa de seus sonhos. Depois de feito pediu que cada um de nós pega-se a descrição feita pelo colega e a projeta-se. Não deu mais nenhuma instrução. Somente disse em tal data quero o projeto pronto. 

Eu estava tão assustado com aquilo que não expressei nenhuma ação e acho que não conseguir pensar em nada neste momento. Já contei aqui no blog o que aconteceu depois disso, reveja

Só para que você possa entender, a metodologia utilizada pelo professor para nos ensinar chama-se tentativa e erro. Ela é muito utilizada pelos cursos de arquitetura para ver a desenvoltura dos alunos e seu nível projetual, somente depois disso, o curso introduz a discussão sobre os métodos existentes que os auxiliaram em seu processo projetual dali para frente. 

Depois dessa experiência horrenda surgiu uma pergunta que norteou toda a minha trajetória no curso de arquitetura. A pergunta é simples: há ou não há um método que auxilie o aluno de arquitetura ou arquiteto em seu processo conceptivo? 

Mas o que me motivou a continuar nessa caminhada em busca de um método que auxilia-se os alunos de arquitetura ou os arquitetos, foi a falta de resposta que o professor ficou quando fiz esta pergunta a ele. 

Depois disso li vários livros não somente relacionados a arquitetura, em busca de uma resposta, mas não conseguir achar uma resposta objetiva, como eu almejava achar, até chegar ao final do curso onde culminou na pesquisa e apresentação do meu TCC onde eu retomei essa questão fundamental tanto com relação a minha formação como em relação a formação de qualquer arquiteto. 

No entanto foi somente durante a confecção do meu TCC que enfim pude ter uma percepção mais global de como tudo aquilo que tinha estudado e aprendido ao longo do curso de arquitetura se encaixava mediante a aplicação de um determinado processo projetual. 

Além disso, descobri que não há somente um método que possa auxiliar o arquiteto ou aluno de arquitetura em seu processo conceptivo, mas há uma essência em todos eles que nós podemos utilizar para desenvolver o projeto da melhor forma possível. 

Aqui no blog já falei sobre alguns métodos que nós arquitetos podemos utilizar para auxiliar no processo conceptivo, como o Brainstorming e o 5W2H, como também mostrei alguns livros que buscam discutir sobre o assunto como o livro de Laert intitulado “Adoção do Partido na Arquiteto” ou o livro de Lawson intitulado “Como Arquitetos e Designers Pensam”. 

Continue acompanhando o blog para poder aprender cada ver mais sobre o tema projeto e como o processo projetual influência no resultado final do processo conceptivo de um determinado projeto. 

Mostrarei de forma objetiva como é possível desenvolver um projeto sem muitos transtornos, para isso mostrarei diversos métodos e técnicas utilizadas atualmente ou no passado que possa lhe ajudar em suas tarefas diárias. Para isso utilizarei os recursos que tenho a disposição como: textos, fotografia, vídeo, livros diversos, entre outros materiais. 

Conforme for realizando os artigos para o blog nessa nova fase verá que eles se tornarão uma grande colcha de retalhos estruturada a parti das diversas referências que possivelmente já li ou andei lendo...

O objetivo dessa nova fase é construir um conhecimento sólido sobre o ato de projetar, mas para que isso seja possível será necessário projetar e registrar tudo aqui no blog para que vocês possam ver. Dessa forma verão o processo, os desafios enfrentados e as conquistas de cada etapa. Portanto logo estarei iniciando um projeto aqui no blog, por isso continue acompanhando o blog. Até a próxima.

Comentários