Arquiteto Versátil: 2016

23 de dezembro de 2016

Os 5 Vídeos Favoritos de 2016 – A Retrospectiva


O ano de 2016 foi repleto de realizações e conquistas. Mesmo que não pareça, desenvolvi meu primeiro projeto como arquiteto. Fui para Recife em busca de emprego, mas terminei não conseguindo nada, mas pelo menos conheci um pouco sobre a cidade. Participei de um curso de empreendedorismo. Publiquei mais de 30 vídeos no canal e atingir a meta de 100 artigos publicados em 1 ano de blog. Essas foram algumas conquistas alcançadas durante o ano. 

Para comemorarmos, resolvi produzi um vídeo que eu pudesse mostrar os 5 vídeos favoritos de 2016. Todos os vídeos selecionados revelam as várias fases que o canal passou durante todo o ano. 

É incrível ver o quanto os vídeos do canal evoluíram durante este pequeno intervalo de tempo. Com certeza 2017 trará ainda mais mudanças positivas para o Arquiteto Versátil, agora é só esperar... 

Dentre os vídeos selecionados para o vídeo temos: 


Comecei o ano muito tímido, mas a cada vídeo publicado fui me soltando. Claro que ainda tenho muito que aprimorar, mas se compararmos os primeiros vídeos publicados no canal com este daqui, verá que este último vídeo é uma obra prima do audiovisual produzido para o Arquiteto Versátil.



Obrigado a todos que acompanham o Arquiteto Versátil pelas redes social. Espero que 2017 possamos produzir ainda mais conteúdo relacionado a arquitetura para vocês. E antes de concluir gostaria de saber sua opinião sobre este artigo. Até a próxima.

22 de dezembro de 2016

Como Criar uma Imagem com Fundo Transparente Utilizando o GIMP?


A pouco tempo atrás recebi lá no canal um comentário perguntando como seria possível criar uma imagem com fundo transparente. 

Naquele momento eu não tinha um vídeo no meu canal sobre o tema, por isso, resolvi indicar um vídeo de outro canal que havia encontrado e que responderia sua questão, mas pensando bem, eu poderia criar um vídeo sobre o tema no canal, não é? Então eu fiz. 

O bom deste vídeo produzido é que há mais informações que o vídeo indicado e eles são complementares. 

No início do vídeo falo de forma rápida qual a diferença entre PNG e JPEG. Essa informação é fundamental para entender os próximos passos. Depois mostro como é possível criar uma imagem com fundo transparente. No processo utilizo o GIMP, uma ferramenta muito semelhante ao Photoshop e também é um software é free. O processo é bastante simples, mas um pouco trabalhoso e chato, mas ao fim terá sua imagem com fundo transparente como você estava querendo.



Espero que tenha ajudado a sanar sua dúvida sobre essa questão. Se tiver alguma dúvida ou algum comentário deixe abaixo. Até a próxima.

19 de dezembro de 2016

Decoração Star Wars: Itens indispensáveis para sua Casa


Você está sabendo que o filme Rogue one: uma história Star Wars já está nos cinemas? Se você já assistiu deixe nos comentários sua opinião, eu quero saber, mas se ainda não assistiu corre até o cinema mais próximo e confira essa belíssima obra de arte do universo audiovisual e depois me conte o que achou...

O artigo de hoje não é sobre o filme diretamente, mas sobre itens que remete ao filme e que você pode utilizar em sua casa para compor sua decoração... 

Para que é fã de Star Wars com certeza já está familiarizado com os itens que mostrarei aqui, mas mesmo assim, resolvi selecionar neste artigo alguns itens que mais gostei e que estão disponíveis na internet. Além disso, os preços estão ótimos. Confira agora a lista de itens Star Wars!!!

1 - Luminária de Parede Star Wars Fett Verde das Americanas
2 - Caneca Chewbacca Star Wars das Americanas
3 - Luminária de Parede Star Wars R2-D2 Branco das Americanas
4 - Boneco Star Wars Darth Vader das Americanas
5 - Quadro Star Wars Stormtrooper das Americanas
6 - Post Star Wars Darth Vader das Americanas
7 – Quadro Star Wars Minimalista das Americanas
8 - Boneco Star Wars First Order Stormtrooper das Americanas
9 - Caneca Star Wars de Porcelana das Americanas

O que você achou dessa incrível seleção Star Wars? Se ainda não comprou o presente de natal agora é a sua hora!!! Que a força esteja com você!!! Até a próxima.

16 de dezembro de 2016

4 Dicas Essenciais para Criar um Cartão de Visita


Ter um cartão de visita para poder entregar aos seus novos contatos e futuros clientes é indispensável, mas a questão é o que devo saber para criar um cartão de visita incrível?

Neste artigo te mostrarei 4 dicas que farão toda a diferença ao confeccionar seu próprio cartão de visita. Antes de te mostrar as 4 dicas essenciais veja como criar um cartão de visita utilizando o PowerPoint

Com as dicas deste artigo e com o PowerPoint você poderá fazer diversos cartões de visita, tranquilamente, vamos as dicas... 

Dimensões


A primeira informação que você deve conhecer e decidir previamente são as dimensões que o cartão de visita terá. Há três possibilidades 90x50, 85x55, 55x55. Lembrando que todas essas medidas estão em milímetro. 

Normalmente as medidas mais utilizadas no Brasil seria a 90x50, mas pode usar tranquilamente os demais formatos. Já vi vários arquitetos utilizando o padrão quadrado, por exemplo.

Lembre-se que terá que produzir os cartões de visita com alguns milímetros a mais, porque ele será cortado pela gráfica. Se você não fizer isso seu cartão de visita por exemplo de 90x50 ficará com 85x45 ou algo assim... Possivelmente você não irá querer que isso ocorra, não é mesmo?

Tipo de Papel


Conhecer o tipo de papel que você irá utilizar em seu cartão também é muito importante, mas normalmente as empresas usam o papel 300 gramas na produção dos cartões. No entanto você poderá utilizar o papel adesivo 190 gramas, mas esta opção poderá tornar o seu cartão de visita ainda mais caro.

Na dúvida visite uma gráfica e confira o material utilizado por ela na produção dos cartões de visita, assim poderá ter mais certeza sobre o tipo de material que irá selecionar para confeccionar seus cartões.

Design


Inicialmente terá que decidir se vai utilizar somente um lado do papel para compor o cartão ou ambos os lados. Só para que você entenda a importância dessa escolha... Algumas gráficas cobram mais caro se o cartão for produzido em ambos os lados e se o cartão for colorido também influencia no preço final. Espero que isso não influencie seu processo criativo.

Normalmente os cartões produzidos pelos designers gráficos utilizam ambos os lados do papel para distribuir as informações sobre você e sua empresa, mas é possível criar seu cartão de visita somente utilizando um lado do papel. É recomendado utilizar ambos os lados, tanto para valorizar as informações contidas no cartão como sua marca.

Outro detalhe que você deve pensar é como você irá dispor as informações no cartão de visita, para isso é recomendado que disponha as informações no cartão de forma que a valorize para que isso seja possível deverá deixar espaço generosos entre as informações contidas no cartão. Outro detalhe bastante importante nesta etapa é dispor as informações como um grupo, dessa forma seu cartão ficará mais organizado. 

A escolha do background também é muito importante para a criação do cartão de visita. Neste momento alguns designers buscam ser simples, selecionando uma imagem que possa servi como background. Já há outros designers que criam o background inteiro do zero, produzindo assim um cartão de visita que dificilmente encontrará outro igual nas mãos de seu concorrente.

Informações Principais


Como o espaço que o cartão de visita lhe fornece é muito pequeno você deve usar de forma racional cada espaço que contém o cartão, mas também não é preciso encher o cartão com um monte de informações desnecessária. Ponha somente as informações principais como: nome da empresa, seu nome e cargo, número de telefone para contato, e-mail, endereço da empresa e site.

Mesmo havendo um padrão que determina que informação deve haver em um cartão de visita você poderá inserir outras informações que achar pertinente para que seus clientes saibam através do cartão de visita.

Para finalizar tenho que dizer que não importa a maneira que irá compor seu cartão de visita, o que realmente importa é a mensagem que você irá entregar aos seus futuros clientes. Seja simples, diferente, mas agradável aos olhos, dessa forma dificilmente errará em suas escolhas compositivas de seu cartão de vista.

Se tiver alguma informação que seja complementar ou contraditória as que eu descrevi acima deixa nos comentários eu quero saber. Até a próxima.

14 de dezembro de 2016

Decoração: O que devo Criar Embaixo da Escada?


Imagino que você em algum momento se perguntou: o que deveria criar embaixo da escada para utilizar enfim o espaço vazio dela não foi? 


O espaço embaixo da espada é um espaço ocioso onde normalmente não é utilizado pelas pessoas, e se é utilizado normalmente é feito de forma inadequada. 


Há na internet diversas ideias que você pode se inspirar para poder criar um espaço que atendar suas expectativas e também suas necessidades atuais. Para lhe ajudar nessa tarefa resolvi selecionar algumas ideias neste artigo.


Dentre as ideias encontradas é possível fazer: adega, home office, biblioteca e até jardim. Claro que as ideias não param por aí, mas ao criar seu espaço embaixo da escada deve levar em consideração o formato da escada e como ela foi construída, por exemplo. Na dúvida procure alguém para lhe ajudar.


O que achou desse artigo? Gostou de alguma das ideias? Se você tiver uma escada em casa já decorada poste no instagram com a tag #arquitetoversatil. Até a próxima.


Será que a Arquitetura Atual pode ser Chamada de Futurista?


Quando penso no futuro ou no tema arquitetura futurista imagino imediatamente como as cidades e todos os elementos que a compõe serão. Seria bom que no futuro tivéssemos carros voadores, robôs por toda parte, mas o que mais eu gostaria seria que a produção da arquitetura fosse mais humana, esse item é o que mais parece distante... 


Há vários arquitetos e escritórios de arquitetura, mas não muitos, distribuídos pelo mundo produzindo uma arquitetura que pode ser considerada futurista, mas o acesso a ela ainda é muito restrito... 

A linguagem utilizada por eles na composição formal dos projetos são próprias deles. Essa linguagem permite se diferenciar tanto dos demais profissionais que fica evidente que os demais profissionais terão que se adaptar muito, muito mesmo para poder conseguir se diferenciar também e assim obter seu lugar no mercado de trabalho tão sonhado por eles.


Muitos dos projetos produzidos atualmente só é possível graças aos diversos softwares existentes que permitem não somente projetar a volumetria como calcular com máxima precisão cada esforço que o edifício irá sofrer quando for construído, dando assim maior segurança para sua construção. 


Além disso a inovação presente nessa nova arquitetura não está somente nos softwares, mas também na pesquisa e no uso de novos materiais construtivos. Claro que alguns arquitetos ainda continuam utilizando os materiais convencionais em seus projetos, mas ao utilizá-lo permite ao material uma nova perspectiva, agregando assim, ainda mais valor a ele. Um ótimo exemplo seria o Arquiteto Frank Gehry. Já trarei sobre ele e suas obras aqui no blog estão lembrados? 


Há muitos outros detalhes sobre a arquitetura futurista ou sobre a arquitetura que está sendo produzida atualmente que podemos continuar conversando, mas por enquanto o artigo de hoje seria uma introdução caótica sobre o tema. Espero que tenha gostado e se tiver alguma opinião sobre o artigo e sobre os projetos deixe nos comentários. Para conferir de perto sobre os respectivos projetos mostrados aqui neste artigo basta clicar aqui, aqui, aqui e aqui respectivamente. Até a próxima.

13 de dezembro de 2016

Estudo da Forma 2 - Edifício Oscar Hadid - Parte 2


Há poucos arquitetos que revela ao mundo seu processo conceptivo, mas eu encaro esse processo como um exercício criativo que faz parte da minha formação. 

Seria interessante se todos os arquitetos revelassem ao mundo seus métodos criativos, dessa maneira poderíamos projetar cada vez melhor... Poderíamos na verdade aprender muito com esse processo tanto os arquitetos mais novos iriam aprender com os arquitetos mais antigos como os mais antigos aprenderiam com os arquitetos mais novos... (fica a dica). 

Todo o processo conceptivo deste estudo da forma foi realizado no SketchUp um software da Google. Esta ferramenta é muito simples e fácil de ser utilizada.... A Google oferece o sketchUp gratuitamente, mas a versão é parcial. É recomendado que compre o software para poder usufruir de todos os seus recursos. 

Para que você possa entender melhor o conteúdo deste vídeo recomendo que veja o vídeo publicado anteriormente... Nele mostro em detalhe quais projetos de Oscar Niemeyer e de Zaha Hadid que me inspirei para criar este estudo da forma. 

Basicamente o processo conceptivo do edifício Oscar Hadid foi dividido em 5 etapas sendo a primeira relacionado ao desenho de diversas forma geométricas (retângulos e círculos) em planta baixa depois cada planta baixa foi distribuída em andares e ao mesmo tempo que fazia a distribuição era feito a modificação dos padrões existente em cada planta baixa. Na terceira etapa foi realizado a limpeza do desenho, mais a frente foi desenvolvido os brises horizontais em algumas partes do edifício e por fim foi aplicado os respectivos materiais que iriam compor o projeto.


O que você achou deste novo vídeo? Mudaria alguma coisa no processo conceptivo do edifício Oscar Hadid? Diga-me o que seria? Curta e compartilhe e vídeo e inscreva-se no canal. Até a próxima.

12 de dezembro de 2016

Matriz 5W2H e sua Aplicação na Arquitetura


Para que se produza uma boa arquitetura é necessário haver previamente um planejamento, para descobrir qual é o problema e quais as possíveis soluções para o problema mais facilmente. Para lhe ajudar no processo de planejamento há diversas ferramentas de fácil aplicação que você poderá utilizar, uma delas seria a matriz 5W2H, você conhece? 

A matriz 5W2H é utilizada por diversos profissionais principalmente administradores, focados na gestão das empresas e designers, para iniciar o processo conceptivo de um determinado projeto gráfico, no entanto os escritores também utilizam parte da matriz 5W2H em seu processo conceptivo de seus textos, dá para acreditar nisso? 

Tenho certeza que você já percebeu o quanto é formidável e versátil essa ferramenta, não é verdade? Então continue lendo o artigo para conhecer ainda mais sobre ela. 

A matriz 5W2H representa as 7 letras iniciais das perguntas básicas feitas em inglês que todo planejador deve responder antes de pôr em prática qualquer atividade que esteja almejando. As perguntas são: 

What - O que será feito? (Objetivo) 

Why - Porque será feito? (Justificativa) 

Where - Onde será feito? (Local) 

Whem - Quando será feito? (Tempo) 

Who - Por quem será feito? (Responsável) 

How - Como será feito? (Método) 

How much - Quanto custará fazer? (Custo) 

Essas perguntas devem ser feitas aos seus clientes desde o momento que os vi para que possa ter o mais rápido possível as respostas e assim descobrir se é possível ou não desenvolver uma proposta que agrade ao cliente e que caiba em seu orçamento, além de obter outras informações é claro. 

A utilização da matriz 5W2H te ajudará a ter maior clareza e objetividade sobre as informações que você precisa obter para poder desenvolver as próximas etapas do processo projetual. É recomendado que não inicie o processo de concepção de um determinado projeto se as respostas da matriz 5W2H não esteja bastante clara em sua mente, caso esteja, refaça-as buscando obter as informações necessárias para poder continuar desenvolvendo o processo conceptivo do projeto.

Você já conhecia a matriz 5W2H? Já utilizou a matriz 5W2H em algum momento? Deixe sua opinião nos comentários porque somente assim poderemos conversar e assim poderei te conhecer... Até a próxima.

8 de dezembro de 2016

Livros de Arquitetura que Você Precisa Conhecer


A maioria dos blogs de arquitetura ao expor alguma lista de livros normalmente limita-se aos livros mais procurados na web ou simplesmente repete o que os outros sites de arquitetura já mostraram, como se existisse somente os livros citados pelos sites de referência... 

Essa limitação não está somente presente na web, até no mundo acadêmico vemos a repetição dos livros e suas leituras como se existisse somente aqueles livros ou aquela visão para explicar as grandes questões sobre a arquitetura. 

Para essa primeira lista de livros trouxe somente livros sobre arquitetura, mas na próxima serei mais radical... trarei com certeza livros sobre design, fotografia, cálculo... 

Alguns dos livros que estão nesta lista possivelmente você já os viu em algum lugar, mas provavelmente não deu o devido valor a eles... 

O dia do arquiteto está chegando e também o natal que tal presentear com algum desses livros um arquiteto que você conhece ou aluno de arquitetura? Tenho certeza que ele irá amar o presente, além disso o conteúdo contido nesses livros será uma ótima forma de aprimorar a formação deles... 

1 – Detalhes Construtivos de Arquitetura da Fnac 

2 – Vinte Edifícios que Todo Arquiteto Deve Compreender da Submarino 

3 – Como Arquitetos e Designers Pensam da Amazon 

4 – Exercícios de Arquitetura das Americanas 

5 – Cores em Casa da Saraiva 

6 – Arquitetura Residencial das Americanas 

Dos livros listados neste artigo, já li alguns deles e tive uma ótima impressão sobre eles. Tenho certeza que todos eles serão muito úteis para você. Se for me dá um presente recomendo o livro 6 ou o livro 2

O que você achou da lista de livros selecionada para este artigo? Qual dos livros citados acima você já leu? Deixe nos comentários sua opinião ela é muito importante... Até a próxima.

Como criar um Pitch Perfeito?


Você já ouviu falar em pitch perfeito? Ele é muito utilizado pelos empreendedores como uma forma de apresentar aos investidores suas ideias em um curto intervalo de tempo. 

Essa exposição tem que ser objetiva e atraente para que os investidores sinta-se atraídos por suas ideias e venha a investir em sua empresa. 

Para que você tenha maiores chances de acerto terá que expor o seguinte: 

Mercado


Você deve expor de forma detalhada sobre o mercado que seu negócio estará inserido. 

Para lhe ajudar nessa exposição, seria bom citar algum negócio semelhante ao pretendido por você. Assim ficará mais fácil para que o investidor possa entender sobre o mercado e sobre sua ideia. 

Se você não encontrou nenhuma empresa semelhante busque fornece ao investidor o máximo de informações possíveis para que ele possa entender sobre o mercado que irá atuar. Essa falta de referência pode ser visto tanto como algo positivo como negativo, por isso, pesquise ao máximo para não deixar pontas soltas na hora de expor suas ideias. 

Nesta mesma etapa seria bom expor um pouco sobre sua experiência relacionado ao negócio pretendido. Na verdade, muitos investidores não estarão somente avaliação sua ideia, mas você também, por isso, quanto mais você for capaz de pôr as ideias em ação mais valioso para o investidor você será e também sua ideia. 

Oportunidade


Depois de expor sobre o mercado que sua ideia estará inserida deverá expor sobre a oportunidade (problema) que você identificou e que buscará uma solução através de sua empresa. 

Para lhe ajudar nesta exposição recomendo que mostre alguns dados estatísticos fornecidos, por exemplo, pelo IBGE ou outra fonte válida que o ajude e fundamente sua exposição sobre o problema existente. 

Solução


Agora é a hora de mostrar as soluções encontradas por você para o problema tratado anteriormente e que será implementada por sua empresa. 

Para lhe ajudar na exposição de suas soluções utilize o máximo de recursos possíveis, que você domina, e que poderá proporcionar ao investidor um melhor entendimento sobre as soluções pretendidas por você e sua empresa. 

Uma boa maneira para que você possa expor suas soluções seria mostrar uma simulação (protótipo) do que seria o produto ou serviço pretendido por sua empresa. 

Diferenciais


Agora é a hora de expor tanto seus diferenciais como os diferenciais de sua empresa de forma que essa apresentação atraia ainda mais os investidores. 

Para isso deverá revelar aos investidores ainda mais detalhes sobre sua ideia. Um bom exemplo seria expor sobre as tecnologias que irá fazer uso para pôr em funcionamento sua empresa, como será o atendimento ao cliente entre outros diferenciais. 

Para que você acerte nos diferenciais que sua empresa precisa possuir recomendo que observe o que falta em seus concorrentes, por exemplo. Ao descobrir o que falta, avalie e ponha em prática... Você verá que isso fará toda a diferença para que sua empresa dê certo e se destacar no mercado atual. 

Finalidade


Tudo tem começo e fim, portanto nesta etapa final você terá que ser cirurgicamente perfeito para relevar ao investidor o que você atualmente está precisando para pôr sua ideia em prática, se for o caso, e terá que expor também o que o investidor ganhará se investir em sua ideia. 

Seria interessante revelar ao investidor como você irá retomar o investimento feito por ele, para isso, seja ainda mais detalhista nesta etapa, o investidor busca além de boas ideias ótimas maneiras de fazer seu dinheiro multiplicar. 

Espero que com essas dicas possa criar seu pitch perfeito e com ele possa atrair grandes investidores para seu negócio. 

Esse artigo foi útil para você? Deixe nos comentários o que você achou dele? Siga o Arquiteto Versátil nas redes sociais e até a próxima.

6 de dezembro de 2016

Como Escolher um Nome para sua Empresa?


Escolher um nome para sua empresa pode parecer uma tarefa fácil inicialmente, mas ao iniciar a busca pelo nome perfeito encontrará diversos problemas que você nunca imaginaria que iria encontrar... 

Para lhe ajudar no processo de concepção do nome da empresa que pretende criar mostrarei algumas informações que você terá que levar em consideração para acertar na escolha do nome. 

Tema da Empresa 


Para que você possa definir facilmente o nome da empresa busque listas algumas palavras que tenha relação com o tema central da empresa. Essa lista de palavras pode ser concreta ou simbólica, só não pode ser desassociado ao tema central de sua empresa, mantenha o foco todo o tempo enquanto estiver fazendo a lista de palavras. 

Além disso, as palavras selecionadas tem que remeter as ações e ideologias contidas e praticadas pela empresa. Essas palavras tem que transmitir, seja elas sozinhas ou juntas, a essência que constitui a sua empresa. 

Inspire-se 


Agora que possui uma lista de palavras que remete a sua empresa, imagino, terá que decidir a forma que fará as combinações para gerar o nome definitivo de sua empresa. 

Tenho certeza que você já observou que algumas empresas tem em seu nome uma única palavra que a define, já outras empresas possuem duas palavras ou até mais que isso. Para que você entenda o que estou falando veja os exemplos: Apple, Peixe Urbano, Fazinova etc. 

Para falar a verdade existe empresas que seus nomes são originárias de frases que definem a ideologia ou a filosofia da empresa, mas para facilitar a comunicação a frase é encurtada através de abreviações. Um bom exemplo disse seria: CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) 

Tem empresas que utilizam os sobrenomes de seus fundadores como ponto de partida para a criação do nome da empresa. Já outras utilizam uma situação especifica de suas vidas para dá nome a empresa. Como exemplo posso citar: HP (Hewlett e Packard) e Depois dos Quinze. 

Observe as empresas que lhe inspira e veja como foi seu processo conceptivo e como o nome da empresa está relacionada as ações realizadas por ela. 

Agora ponha a mão na massa. 

Domínio Disponível 


Imagino que agora tenha algumas ideias de nomes para sua empresa em mãos não é verdade? Então vamos ver sua disponibilidade na internet. Porque não basta ter um nome perfeito tem que está disponível para que você possa usá-lo no mundo virtual e também no mundo físico. 

Para descobrir sua disponibilidade, terá que acessar alguns sites que oferecem o serviço de compra do domínio para descobrir se pode ou não usá-lo. Se o domínio estiver disponível recomendo que se planeja para comprar o mais breve possível o domínio porque pode haver outras pessoas que tenham a mesma ideia que você e acabe comprando o domínio que tanto você precisa para sua empresa. 

Da mesma forma que você fará para descobri a disponibilidade do domínio para sua empresa, você terá que saber se sua marca já foi registrada por outra empresa ou não, para isso existe sites na internet que te ajudará nesse processo. 

Farei um artigo mais à frente detalhando todo o processo de pesquisa e compra de um domínio. Existe alguns detalhes que poucas pessoas falam e que posso te fornecer e que poderá te livrar de grandes enrascadas futuras... Então continue acompanhando o arquiteto versátil. 

Nome Curto 


Quanto mais curto for o nome da sua empresa melhor será. Pode parecer uma dica boba, inicialmente, mas ela será muito útil no processo de reconhecimento da empresa no dia a dia das pessoas... 

Só para você entender as pessoas lembraram com maior facilidade os nomes das empresas que possui nomes curtos. Além disso, o nome curto irá ajudar no processo de comunicação tanto física como online. 

Uma dica que fará você rever o que você fez até agora. O nome da empresa não precisa falar tudo que a empresa faz, mas mostrar a essência de sua empresa. Um ótimo exemplo para isso seria a empresa Apple. Seja a palavra “Apple” ou o símbolo, você imediatamente reconhece a empresa e seu poderio tecnológico e mercadológico. 

Nome Fácil 


Ter um nome fácil não quer dizer que ele deva ser óbvio. É preciso ter um nome fácil para que as pessoas possam identificar facilmente o nome da empresa onde ela estiver. 

Se a palavra ou palavras que compõe o nome da sua empresa não for fácil você terá mais trabalho para que as pessoas percebam sua empresa, mas não quer dizer que ter um nome fácil será determinante para que sua empresa tenha sucesso. 

Mesmo que o nome criado não seja fácil, não se preocupe... O que você realmente precisa seria criar um nome que represente a essência de sua empresa, portanto mantenha o foco. 

Cuidado 


Nesse processo conceptivo é necessário ter alguns cuidados.... 

Observe se a palavra escolhida para sua empresa não possui uma conotação negativa que possa prejudicar sua empresa, para isso observe se o nome da empresa possui cacofonias, por exemplo. Caso haja cacofonia procure sinônimos para denominar a empresa. 

Quando for criar um domínio, não use acento, se houver palavras com “ç” no nome da empresa procure outra palavra, caso deseje a palavra com “ç”, saiba que no domínio será escrito com “c” e não com “ç”. Não use também traço ou ponto para separar as palavras que compõe o nome da empresa. 

Farei um artigo mais detalhado sobre os cuidados que você deve ter para criar o nome de uma empresa na internet. Será melhor para você e também para mim... 

Seja Criativo 


Todo esse processo conceptivo em busca de um nome perfeito para sua empresa necessitará que você seja muita criatividade. 

Se você não sabe existe diversos métodos para estimular sua criatividade e que lhe ajudaram no processo para que você possa alcançar o nome ideal para sua empresa como: combinação palavras, abreviar frases, analogias, entre outros métodos. Darei mais detalhes sobre eles mais à frente. Continue acompanhando o arquiteto versátil nas redes sociais...

Caso este artigo ainda não tenha sido suficiente para te ajudar no processo conceptivo do nome da sua empresa, deixe nos comentários suas dúvidas, buscarei respondê-las o mais breve possível. Até a próxima.

5 de dezembro de 2016

Como Ficaria as Marcas se Mudasse de Cor com seus Concorrentes?


Parece uma pergunta muito boba e é, mas não podemos negar que é bastante interessante ver as marcas FAMOSAS com as cores de seus concorrentes, não é verdade? 

Muitas marcas trabalharam por anos e anos até que sua marca (cores, tipografia além de seus produtos) possam ser reconhecidas em qualquer lugar do mundo. A questão é a seguinte: será que com a mudança de cores poderia influenciar seja positivamente ou negativamente nossa relação com a marca (empresa)?


Algumas vezes escolhemos uma determinada cor sem ao mesmo questionar o impacto que ela teria sobre os usuários, mas não podemos negar que somos influenciados seja diretamente ou indiretamente por diversos padrões visuais principalmente pelas cores presentes nos objetos a nossa volta, por isso, ao escolher uma determinada cor devemos ter o maior cuidado para que a cor escolhida não transmita uma mensagem equivocada aos usuários... 


Foi a partir dessas questões que a designer gráfico Paula Rúpolo fez uma experiência superinteressante com algumas marcas superfamosas. Dentre as marcar selecionadas pela designer temos: Google, Facebook, Twitter, Coca-Cola, Ferrari, Apple entre outras.


Essa experiência criada por Paula Rúpolo é antiga, por isso, que algumas marcas estão desatualizadas, mas é extremamente destacável a influência que as cores possuem sobre nossa percepção visual. 

As mudanças realizadas pela designer permitiu ver que algumas marcas podem sofrer alterações, que não gera problema algum, já outras marcas ao realizar a mudança diversos problemas surgiram e poderia ter um grande impacto sobre seu público alvo influenciando negativamente a empresa.


Ao criar uma marca para seu negócio procure marcas semelhantes e investigue como as cores escolhidas por ela influencia seu negócio e se são adequadas para seu negócio e inspire-se para poder criar sua própria paleta de cores... 

Para finalizar gostaria de saber qual a sua opinião em relação as mudanças de cores ocorridas neste experimento feito pela designer gráfica Paula Rúpolo? Deixe nos comentários sua opinião ela é muito importante... Até a próxima.

2 de dezembro de 2016

Visitas a Campo Realizadas Durante o Curso de Arquitetura


Muitos alunos de arquitetura passam pelo curso e muitos deles não adquirem uma experiência relativamente boa para saber como atuar ou como atua um arquiteto na construção de um determinado projeto. Essa falta de experiência dificulta as tomadas de decisões feitas pelo arquiteto na hora de projetar como também distância o profissional da própria construção. Deixando os engenheiros fazer o que acham “melhor” em seus projetos...

Ao longo do curso de arquitetura, tive a oportunidade de fazer algumas visitas a campo junto com a turma de arquitetura e os professores. No entanto, nem todas as visitas foram realmente instigantes e valiosas, mas forneceram uma ideia mesmo que superficial do que eu poderia encontrar no dia a dia como um arquiteto.

Dentre as diversas visitas feitas enquanto estávamos no curso posso citar as visitas ao: shopping de Arapiraca, a um edifício misto em Maceió e a um conjunto de casas construído em Palmeira dos Índios. Fizemos outras visitas a campo durante o curso, no entanto essas visitas a campo, ao meu ver, foram as mais relevantes...

A visita ao shopping foi realizada quando estávamos estudando sistema estrutural e planejamento de obra. A visita ajudou a ver na prática como todos aqueles cálculos e teorias poderiam ser aplicados no dia a dia, além disso, pudemos ver como ficaria o shopping quando concluir sua construção. O que mais chamou minha atenção nesta visita foi a distribuição setorial de cada função no local facilitando o trabalho e a construção do edifício.

Já na visita do edifício misto localizado próximo a orla em Maceió, pudemos ver a construção de um estacionamento abaixo do nível do mar e o maquinário utilizado para expulsar a água para longe. Nesta obra a distribuição setorial de cada função era meio caótica se comparada com a construção do shopping, mas de alguma maneira funcionava. Duas coisas que chamaram bastante atenção foi: o pé direito (2,60) e a distribuição elétrica e hidráulica, que estavam todas expostas...

Quanto a visita as casas construídas em Palmeira dos Índios, pudemos ver como cada casa estava sendo construída e como ficaria o projeto urbanístico onde estava sendo implementada as casas. Nesta visita tivemos a oportunidade de ver cada etapa construtiva desde a criação da base da casa até o desenvolvimento e aplicação dos demais componentes da casa... Um diferencial existente neste projeto seria o projeto urbanístico onde pudemos ver parte do saneamento básico do lugar além de outras instalações urbanas já implementadas no lugar...

As visitas a campo feitas durante o curso de arquitetura foram bem rápidas, mas muito informativas. No entanto tenho que ressaltar que poderia ter sido melhor. 

Uma coisa que chamou mais atenção que tudo que vi ao longo da visita foi a falta de um arquiteto em cada obra, para nos fornece informações sobre o projeto e os métodos construtivos aplicado a obra. Se havia algum arquiteto na obra, possivelmente estava escondido... 

Na visita ao edifício misto localizado em Maceió o próprio engenheiro relatou que precisaram entrar em contato com o escritório de arquitetura responsável pela idealização do projeto para chegar a uma solução projetual para as instalações elétricas e hidráulica, onde encontraram algumas falhas existentes na construção que poderiam ter sido melhor solucionado no projeto. O ponto positivo é que entraram em contato com os responsáveis pelo projeto, mas no dia a dia isso raramente ocorre. Tenha isso em mente.

Você já visitou alguma obra em construção? A visita a campo te ajudou a entender melhor sobre as matérias estudadas em seu curso e sua aplicação? Deixe nos comentários como foi sua experiência. Até a próxima.

1 de dezembro de 2016

Como Construir uma Escada de Madeira?

Como Construir uma Escada de Madeira

Você sabia que um arquiteto também constrói? Não sabia! Não é de se espantar. Poucas pessoas realmente sabem o que um arquiteto faz... Confira através deste artigo algumas das possíveis atividades que um arquiteto pode realizar.... Você, com certeza, irá se surpreender...

Ter conhecimento prático é muito importante para que um arquiteto possa atuar da melhor forma possível em seu dia a dia. A prática construtiva poderá lhe auxiliar nas decisões projetuais fundamentando e facilitando as escolhas desde o material que será aplicado no revestimento a escolha da melhor técnica construtiva para a construção de uma residência, por exemplo.

Haverá no seu dia a dia, possivelmente, grandes desafios que será necessário ter um bom conhecimento prático armazenado para poder tomar as decisões rapidamente e de forma assertiva, se não tiver um conhecimento prévio poderá entrar em maus lençóis... 

Para que você tenha um conhecimento prático relacionado ao tema escada resolvi começar pela construção de uma escada de madeira.

Resolvi começar por este tipo de escada porque seu processo construtivo é mais simples e muito fácil de pôr em prática. Além disso, este tipo de escada pode ser construída definitivamente em uma residência como também pode ser construída em um edifício como uma escada provisória para ajudar na construção do edifício.

O vídeo originalmente está em inglês, mas está legendado, por isso não terão problema algum para entender cada detalhe que compõe o vídeo.

No vídeo você encontrará de forma detalhada desde o cálculo para determinar as dimensões dos degraus da escada, como verá o processo de marcação das linhas mestras para que possa servi como linha guia para que a madeira seja cortada, além disso, verá como é feito a montagem da escada no local...

Eu gostaria de ter diversos vídeos no canal do Arquiteto Versátil mostrando todos os possíveis processos construtivos mais utilizados no dia a dia por um arquiteto ou por um engenheiro, mas enquanto não há estes vídeos no canal, confira os vídeos de outros Youtubers... Espero que goste...



O que você achou do processo construtivo de uma escada de madeira? Fácil ou difícil? Deixe sua opinião nos comentários ela é muito importante. Até a próxima.

25 de novembro de 2016

Calvin Seibert e seus Surpreendentes Castelos de Areia


Toda criança, sem exceção, imagino, já fez ou fará em algum momento de sua vida um castelo de areia.

Eu já tentei várias fazer um castelo de areia e nas poucas vezes que fui a praia, sem sombra de dúvida nenhum dos meus castelos de areia ficaram tão incríveis como estes que estão neste artigo. Claro que com essas novas ideias aqui expostas, poderei fazer algo diferente da próxima vez que for a praia...



Essas obras de arte efêmeras foram realizadas por Calvin Seibert um artista americano que gosta de passar seus verões criando diversos castelos de areia na praia. Essa atividade para muitas pessoas seria considerada como uma grande diversão, mas para o artista é mais que um hobby.

Para construir seus castelos Calvin Seibert utiliza as mesmas ferramentas que uma criança usaria.... Um balde, uma pá (espátula) e água, nada mais que isso. Dá para acreditar?!

Imagino que esteja se perguntando: o que faz uma pessoa ser criativa e inventiva? Não é verdade?


A resposta é simples: não são as ferramentas utilizadas por ela que a fazem criativa e inventiva e sim o que ela realmente faz com suas ferramentas e os materiais disponíveis a sua volta. Lembre-se disso quando for realizar seu próximo projeto.


O artigo de hoje foi supersimples, mas a arquitetura é isso. Ela nos surpreende e nos encanta com sua simplicidade. Essa simplicidade é moldada para atingir os resultados plásticos mais inesperados...


Quem imaginaria que uma simples ação de uma criança na praia poderia inspirar e resulta em espetaculares obras de arte arquitetônica em areia?

O que achou do novo artigo? Deixe nos comentários sua experiência ao construir seus castelos de areia.... Compartilhe com seus amigos para inspirar mais pessoas a criar seus próprios castelos de areia e.... Até a próxima.

23 de novembro de 2016

Escada Reta Tradicional


Antes que eu comece a revelar a parte técnica sobre o tema escada, mostrarei em alguns artigos os diversos formatos de escadas que foram e são utilizados na construção civil como também mostrarei os tipos estruturais mais comuns. Espero que goste dos artigos que virão...

Para começar, mostrarei alguns exemplos de escadas retas tradicionais. Lembrando que este tipo de escada pode possuir patamar ou não. Se você ainda não sabe o que é um patamar, confira este artigo aqui. Você conhecerá através desse artigo diversas outras palavras que estão relacionadas ao tema e que serão de grande importância conhecer para continuar a leitura deste artigo e dos próximos artigos.


As escadas retas tradicionais são totalmente fechadas como um único volume. Elas são feitas de diversos materiais, mas os mais comuns deles são os tijolos, mas mesmo havendo a predominância deste tipo de material há em seu acabamento a utilização de diversos materiais nobres, o mais comum deles é a madeira. Este tipo de escada foi muito utilizado no passado, mas hoje existe diversas versões dela, mas sua essência continua sendo a mesma.

Para a construção deste tipo de escada requer um grande investimento em material tornando muitas vezes inviável hoje em dia a sua construção, mas há projetistas que ainda optam por este modelo.

Para tornar o investimento menor é possível construir este tipo de escada sendo seu interior vazio como na escada de Harry Potter. Podendo utilizar este espaço para diversos fins.


Para que você possa personalizar este tipo de escada, seria bastante interessante você utilizar materiais diferentes em sua composição e acabamento. Utilizar luz (LED) para destacar os degraus ou a própria escada. Utilizar cores diferenciadas para destacar ou evidenciar a escada dentre do espaço que ela está localizada. E também você pode personalizar a escada através do guarda-corpo e seu corrimão.

Conforme for sendo feito os artigos sobre o tema escadas... mostrarei de forma detalhada cada item que compõe a escada dessa forma você poderá ter uma ideia do quanto criativo e diferenciado por ser este elemento dentro de um edifício.

O que você achou desse novo artigo? Deixe nos comentários sua opinião ela é muito importante. Até a próxima.

22 de novembro de 2016

Edifício Oscar Hadid - Estudo da Forma 2 - Ep. 1


Faz um tempinho que produzi meu primeiro estudo da forma aqui para o Arquiteto Versátil, estão lembrados? Para revelo basta clicar em Estudo da Forma 1 – Casa de Campo.

Dessa vez resolvi ser um pouco diferente do vídeo produzido anteriormente. Antes que eu mostre todo o processo conceptivo do projeto, resolvi mostrar em que me inspirei para criar a forma, além disso mostrarei de forma breve a forma final concebida no estudo da forma 2, para que você possa sentir o gostinho do que verá no próximo vídeo...

Para a concepção do Edifício Oscar Hadid partir de 3 projetos sendo 2 de Oscar Niemeyer e 1 da Zaha Hadid. Você verá os projetos com mais detalhes no próprio vídeo. Para o estudo da forma 2 busquei me inspirar nas características mais fortes dos projetos selecionados, dentre elas temos os brises horizontais e a maneira que os arquitetos uniram as formas tanto horizontalmente como verticalmente.



O vídeo dessa vez foi supersimples e rápido, mas será muito importante para que você possa entender o próximo vídeo do canal então divirta-se....

O que achou do novo vídeo? Gostou do projeto e das inspirações? Deixe abaixo nos comentários sua opinião ela é muito importante.... Não deixe de inscrever-se no canal e.... Até a próxima.

18 de novembro de 2016

Decoração Natalina Diferente e Sustentável


Essa semana visitei alguns amigos e vi que em suas casas já havia alguns itens natalinos distribuídos por toda a casa. Fiquei espantado com aquilo. Não era para decorar somente no mês de dezembro? Não importa... o bom é que seu espirito natalino me inspirou e vim compartilhar com você algumas ideias para lhe inspirar também.

Como estamos imersos a crise e muitas pessoas não querem gastar com decoração natalina que tal criar sua própria decoração gastando quase nada e ter uma decoração natalina surpreendente que qualquer um que chegue a sua casa fiquem maravilhado com a sua criatividade? Imagino que gostou da ideia não foi? Vamos nos inspirar...

Todas as ideias dispostas neste artigo, você poderá cria-las em casa somente usando os itens que já possui. Não estou brincado. É sério.

Antes que eu saia falando sobre cada ideia selecionada tenho que lhe explicar que esse artigo tem como objetivo mostrar para você os “5Rs” da Sustentabilidade. Você já ouviu falar? Eles são: repensar, reutilizar, reciclar, recusar e reduzir. A ideia aqui é reutilizar o que já temos em casa para compor a decoração natalina e assim diminuir o desperdício. Não quero ser um eco chato, mas é uma ótima ideia, você não acha? 

Em um artigo outro tratarei com mais detalhes sobre os “5Rs” para que você possa utilizá-lo em seu dia a dia.

Quando ouço falar na palavra “natal” imediatamente penso em arvore de natal, ocorre o mesmo com você? Claro que penso também em “panetone”, mas no momento não tem relação com o assunto principal deste artigo... Rsrsrs.

As arvores de natal estão cada vez mais minimalistas e conceitualmente melhores que as arvores de natal tradicionais. Para sua composição é possível reutilizar diversos materiais. O material mais utilizado é a madeira e o resultado compositivo fica espetacular, no entanto você pode criar sua arvore com qualquer tipo de material. Postarei mais à frente alguns exemplos...


Você pode utilizar para compor sua decoração papel, por exemplo. Papel? Tem certeza? Claro que sim! Para os alunos de arquitetura e arquitetos que utilizam o papel em seu dia a dia, acho que vão dizer: papel NÃO! Mas ao ver as fotos vão dizer, com toda certeza: papel SIM! Rsrsrs.

O papel permite uma variedade imensa de possibilidades criativas para que você possa montar sua própria decoração natalina. Esse é um dos materiais mais versátil que encontrei na internet para compor a decoração natalina.


Para compor sua decoração você também poderá utilizar o vidro em seus vários formatos como copos, potinhos de vidro, jarros etc. Antes de utilizar o vidro certifique-se que ele é resistente ao calor e se ele é temperado para que evite cortes com o vidro se por acaso vier a quebrar...


Para compor sua decoração com o vidro você poderá combiná-lo com outros materiais podendo assim criar enfeites bem diferentes. Uma das combinações possíveis seria reutilizar os enfeites utilizados nos natais passados...


Para finalizar que tal uma bela guirlanda para pôr na porta de sua casa? Esse item natalino é também bastante versátil e há uma grande variação deles na internet. Muitos deles utilizam diversos materiais em sua composição, facilitando sua criação e a reutilização de diversos materiais que podemos ter em casa...

Portanto deixe sua imaginação solta e divirta-se criando sua própria decoração natalina. Quando compor sua decoração tire uma foto e post no Facebook ou no Instagram com a #decoraçãonatalinaAV. Se gostou do artigo compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas vejam esse conteúdo. Até a próxima.