Arquiteto Versátil

6 de junho de 2017

Escala Arquitetônica: O que é, Quais os Tipos mais Utilizados e Como elas são Representadas


Esses dias tirei um tempo para rever alguns dos projetos arquitetônicos realizados durante o curso de arquitetura. Enquanto observava identifiquei que havia algumas falhas gráficas, tanto com relação a representação do projeto arquitetônico como em relação a escala. A partir daí surgiu a necessidade de falar sobre estes assuntos aqui no arquiteto versátil. Para começar, resolvi falar sobre o tema escala. 

Neste novo vídeo resolvi falar sobre o que é uma escala, quais os tipos mais utilizados e como elas são normalmente representadas na arquitetura. No entanto, no vídeo mostrarei para você não somente as escalas utilizadas na arquitetura, mas também em diversas outras áreas, estejas elas relacionadas ou não com a construção civil. 



Agora que você já sabe o que é uma escala, quais são os tipos mais utilizados e como elas são normalmente representadas, peço que inscreva-se no canal, para poder ver, em primeira mão, todos os próximos vídeos que serão publicados no canal. Com toda certeza você não irá querer perder nenhum deles não é verdade? 


Para concluir gostaria de saber qual a sua opinião sobre este novo artigo do blog? Caso tenha gostado, curta e compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas possa ver o conteúdo deste artigo.

Até a próxima.

26 de maio de 2017

Processo Projetual: Primeiros Passos para a Idealização do Projeto Red House


Para desenvolver esse novo artigo eu pensei: qual seria o melhor formato que eu poderia utilizar para mostrar o conteúdo para você? Foi então que resolvi rever meus vídeos do canal, como inspiração, então me veio a ideia de reutilizar o formato antigo dos vídeos já publicados no canal como formato para este vídeo. E não é que o formato escolhido realmente foi ideal! 

Neste novo vídeo mostro alguns detalhes que o vídeo sobre o projeto Red House publicado recentemente não revelou. Dentre os detalhes mostrados no vídeo, revelo como foi o processo de criação do programa arquitetônico e como foi o processo de escolha do terreno. Claro que não mostrei no vídeo como criar um programa arquitetônico na prática, mas mostrei alguns detalhes pertinentes relacionados ao programa arquitetônico que foram decisivos para a escolha do terreno. Mais a frente, mostrarei passo a passo como você poderá criar um programa arquitetônico. Aguarde. 



Mostrarei mais a frente mais detalhes sobre o processo projetual seja relacionado a este projeto ou qualquer outro projeto que você deseja projetar, caso você queria aprender mais sobre o assunto basta inscrever-se no canal e continuar acompanhando o blog pelas redes sociais.


Antes de concluir gostaria de saber se você gostou do vídeo e do formato adotado para mostrar as informações relacionadas ao processo projetual do projeto Red House? Deixe sua opinião nos comentário e compartilhe este conteúdo em suas redes sociais, para que mais pessoas o vejam.

Até a próxima.

22 de maio de 2017

Projetos Arquitetônicos na cor Vermelha


Você já viu em algum lugar um projeto arquitetônico totalmente pintado na cor vermelha? Caso ainda não tenha visto e deseja conhecer alguns dos projetos que eu selecionei para este artigo, basta continuar lendo... 

A cor vermelha é uma das cores que eu mais gosto. Ela além de ser uma cor primária ela me faz lembrar de vários filmes de ação e algumas marcas famosas, no entanto as demais pessoas quando questionadas sobre o que elas pensam ou lembram ao ver a cor vermelha imediatamente pronunciam as palavras amor ou paixão, como se elas fossem sinônimo da cor vermelha ou vice-versa. 


O primeiro projeto selecionado relacionado a cor vermelha chama-se Casa Vermelha e está localizado no subúrbio oeste de Oslo. Este projeto foi idealizado visando potencializar a visão exterior do edifício de forma que o usuário possa desfrutar visualmente da paisagem a sua volta. A cor vermelha que compõe o projeto foi adotada somente na parte externa tornando o projeto um elemento arquitetônico diferenciado na paisagem onde está inserido. 


O segundo projeto selecionado é um edifício residencial multifamiliar e chama-se Flex Vermelho e está localizado em Braga, Portugal. Diferente do projeto anterior este projeto além de conter a cor vermelha na parte externa há também na parte interna, mas somente em alguns elementos arquitetônicos como portas, janelas e algumas paredes. Além disso, este projeto possui externamente uma superfície ondulada semelhante à superfície dos containers criando assim uma textura sobre a cor vermelha, criando assim um aspecto diferenciado sobre a fachada do edifício. 


Já o terceiro projeto chama-se Instante Vermelho e foi idealizado em 2 dias e construído em 5 para ser um centro de vendas temporário. A cor vermelha presente no projeto foi escolhida para esconder as falhas de execução ocorridas durante sua construção, no entanto, devido ao contraste entre a cor vermelha e a paisagem a sua volta, o edifício se tornou um marco visual, mesmo que temporário. Diferentemente dos demais projetos já mostrados este projeto contém não só a cor vermelha na parte externa do edifício como na parte interna, mas dessa vez 100% do projeto está pintado com a cor vermelha. 


Para o ultimo projeto deste artigo decidir falar sobre o projeto chamado Red Ribbon (fita vermelha) que está localizado em Qinhuangdao na China. Diferente dos demais projetos tratados no texto, este ultimo projeto não é um edifício, e sim um equipamento urbanístico minimalista e conceitual que foi idealizado com uma forma orgânica simulando uma grande fita vermelha e foi distribuído sobre um terreno bastante diversificado. Ao longo do Red Ribbon há diversas funções integradas como iluminação, assentos, vegetação que são evidenciadas pela cor vermelha. Além disso, o Red Ribbon também serve como guia para os usuários por onde ele passa. 

O que achou dos projetos selecionados pintados na cor vermelha? Deixe nos comentários sua opinião. 

Até a próxima.