Estudo da Forma – Cadeira de Madeira

Estudo da Forma – Cadeira de Madeira

Ultimamente estou publicando vários estudos da forma aqui no blog. Você está gostando? Espero que sua resposta tenha sido positiva. Mas, caso tenha sido negativa, peço que tenha calma que logo eu publicarei novos estudos da forma e possivelmente você irá gostar de algum deles. Pode até ser que você goste do estudo da forma de hoje. 


No artigo de hoje, eu irei te mostrar o processo criativo que eu usei para poder criar o estudo da forma de uma cadeira de madeira. Eu já tinha publicado um artigo anteriormente onde eu mostrei todo o passo a passo usado para a criação deste estudo da forma. Porém o conteúdo produzido ficou muito longo. Pensando nisso, eu resolvi editá-lo. Desta forma, eu consegui deixar o conteúdo ainda mais simples. Tenho certeza que você vai gostar do resultado final. 

Veja Também:


Criando uma Cadeira de Madeira no Sketch Up.


Para começar a criar a cadeira de madeira eu primeiro delimitei o espaço máximo que a cadeira poderia ocupar. A delimitação foi feita em 2D, mas eu poderia ter gerado a volumetria, tranquilamente. Poderia até ter ajudado em algum momento durante o meu processo criativo. 

Após a delimitação do espaço que a cadeira poderia ocupar, eu resolvi determinar o espaço onde ficaria os pés da cadeira. Durante esse processo de criação, eu usei a função componente. No caso, eu criei um pé e depois criei uma componente. Depois, eu criei o segundo pé e novamente criei uma componente. Após a criação das duas componentes eu resolvi criar uma cópia de cada pé criado anteriormente. 

Se você sabe qual é a principal função de uma componente, você entenderá o motivo pelo qual eu resolvi criar uma componente para os pés da cadeira. 

Depois que eu determinei o espaço correspondente aos pés da cadeira, eu resolvi gerar a volumetria de cada um deles. Como eu usei uma componente na criação dos pés da cadeira eu não tive trabalho algum para gerar a sua volumetria. 

Com a volumetria dos pés da cadeira pronta eu decidi criar o tampo (acento) da cadeira. Após delimitar o espaço do tampo eu decidi gerar a sua volumetria. 

Com a volumetria do tampo pronta, eu precisei excluir parte da volumetria criada para poder estender a volumetria de 2 pés da cadeira para poder desenvolver o encosto da cadeira. Não sei se você já observou, mas toda cadeira possui essa mesma estrutura compositiva. O espaço excluído é o mesmo que eu criei para poder desenvolver os pés da cadeira. Após a exclusão dos espaços no tampo da cadeira eu decidi estender os 2 pés da cadeira. 

Logo após ter estendido os pés da cadeira eu resolvi criar o encosto da cadeira. Essa etapa foi bem simples. Eu simplesmente criei um retângulo na lateral interna de um dos pés da cadeira que eu tinha estendido e depois gerei sua volumetria. Como a altura do encosto não tinha ficado do tamanho adequado eu terminei modificando suas dimensões. 

Após ter criado o encosto eu decidi gerar um grupo tanto para o encosto da cadeira quanto para o tampo que eu tinha criado anteriormente. 

Após a criação dos grupos tanto do encosto quanto do tampo da cadeira, eu decidi criar algumas volumetrias debaixo do tampo da cadeira, para tornar a estrutura da cadeira mais resistente e segura. Essas volumetrias servirão tanto como apoio para o tampo como serão peças de encaixe junto aos pés da cadeira. Da mesma forma que foi realizado os pés da cadeira, eu também decidi criar componentes para essas volumetrias. Caso eu precise editá-las não precisarei editar duas vezes e nem precisarei criar uma cópia delas. 

Estamos bem próximos do fim. 

Depois que eu desenvolvi todas essas etapas do processo criativo da cadeira de madeira, eu decidi agrupar todas as volumetrias criadas até então em um só grupo. Depois que eu agrupei todas as peças, eu selecionei e apliquei o material, madeira, sobre o grupo. 

Para dá um toque especial a volumetria da cadeira de madeira que eu estava desenvolvendo, eu decidi estender o tampo da cadeira para tornar a volumetria da cadeira mais próxima de uma cadeira real. 

Ao ver a volumetria da cadeira finalizada eu pensei: agora sim é uma cadeira de verdade. Simples e bela. 


Veja Também: 


Para tornar seu aprendizado ainda mais completo eu recomendo que confira o vídeo abaixo.


Você gostou do conteúdo deste artigo? Então curta, compartilhe e inscreva-se no canal

Siga também as minhas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter e Pinterest

Caso você queira baixar a volumetria da cadeira de madeira para usar em seus projetos, basta visitar o meu perfil no site da 3D Warehouse

De todas as etapas, do meu processo criativo, que eu acabei te mostrando ao longo deste artigo, você faria algo diferente? Deixe sua opinião nos comentários.

Até a próxima.


Comentários